Negrão vê “Toyota favorita”, mas crê em título da Alpine no WEC após vitória em Monza

André Negrão ajudou Alpine a vencer mais uma na temporada 2022 do WEC e ainda acredita no título da categoria, apesar de reconhecer superioridade da Toyota nas etapas restantes do campeonato

BRIGA PELO TÍTULO DA FÓRMULA E: VANDOORNE ESCALA PELOTÃO EM MARRAKECH E SEGUE VIVO

Na quarta etapa da temporada 2022 do WEC, disputada no último final de semana com as 6 Horas de Monza, melhor para a Alpine do brasileiro André Negrão: o time francês, que ainda conta com Nicolas Lapierre e Matthieu Vaxiviere, venceu a segunda em 2022 e aumentou a distância na liderança da competição em relação à Toyota. O time japonês, por sua vez, completou as outras duas posições no pódio e segue à caça dos líderes.

A disputa ainda contou com a estreia da Peugeot no Mundial de Endurance, com dois desempenhos bastantes distintos de seus carros. Enquanto o trio formado por Loïc Duval, Gustavo Menezes e James Rossiter conseguiu terminar em quarto entre os hipercarros, Paul Di Resta, Mikkel Jensen e Jean-Èric Vergne tiveram problemas e precisaram abandonar.

O início da corrida foi dominado pela Glickenhaus, que conta com o brasileiro Pipo Derani e os franceses Olivier Pla e Romain Dumas, mas o carro #708 sentiu problemas na segunda metade da disputa e também abandonou a corrida. Com isso, o trio da Alpine conseguiu assumir a liderança já na parte final, próximo à quinta hora de disputa, para garantir mais uma vitória em 2022 com apenas 2s7 de folga.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Toyota e Alpine batalharam em Monza, e o time de Negrão levou a melhor no fim (Foto: Florent Gooden/DPPI)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Vamos continuar acreditando”, afirmou Negrão após a vitória em Monza. “Foi muito difícil, as Toyota estavam sempre muito perto, muito colados na gente. Mas a equipe fez um grande trabalho e conseguimos nossa segunda vitória no ano. Foi muito importante para nossas chances no campeonato. Ainda temos mais duas provas, em Fuji e Bahrein, e sabemos que a Toyota é favorita. Mas se chegamos até aqui na frente, vamos continuar trabalhando e acreditando”, completou o brasileiro.

O segundo lugar das 6 Horas de Monza ficou com a Toyota #8, de Sébastien Buemi, Brendon Hartley e Ryo Hirakawa, enquanto a Toyota #7 levou o terceiro lugar com Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López.

O resultado aumentou a vantagem da Alpine de três para dez pontos na liderança do campeonato, que agora tem o time francês na ponta com 106. Os dois trios da Toyota aparecem na sequência, com Buemi/Hartley/Hirakawa em segundo com 96 e Conway/Kobayashi/López na terceira colocação com 76 tentos somados.

O Mundial de Endurance da FIA, principal categoria de provas de longa duração do mundo, ainda tem duas etapas pela frente. A penúltima será no dia 11 de setembro, com as 6 Horas de Fuji a serem disputadas no Japão.

O post Negrão vê “Toyota favorita”, mas crê em título da Alpine no WEC após vitória em Monza apareceu primeiro em Grande Prêmio.